Revista Educação e Linguagens, Vol. 6, No 11 (2017)

Tamanho da fonte:  Menor  Médio  Maior

SENTIDOS E SIGNIFICADOS PRODUZIDOS POR ADOLESCENTES A RESPEITO DA SEXUALIDADE: UMA PESQUISA SÓCIO-HISTÓRICA

Alvaro Marcel Palomo Alves, Fernanda Trombini Rahmen Cassim

Resumo


Este artigo apresenta os resultados de um projeto de pesquisa que ocorreu na forma de estágio obrigatório de prática de pesquisa na graduação em Psicologia pela Universidade Estadual de Maringá. Tivemos como objetivo identificar quais processos sociais, cognitivos e afetivos interferem na escolha dos(as) parceiros(as) sexuais no universo adolescente a partir das possibilidades críticas da Psicologia Sócio-Histórica. Para tanto, analisamos a subjetividade pela ótica da Epistemologia Qualitativa, de González-Rey (1997), por meio da transcrição de diálogo em grupo focal com 18 alunos de uma escola particular da cidade de Maringá-PR, com idade entre 16 e 17 anos. A partir da análise do corpus coletado, concluímos que a relação dos(as) adolescentes com a sexualidade e afetividade no grupo focal em questão está fortemente vinculada a preceitos moralizantes e cerceadores da liberdade sexual. Por outro lado, a busca pela geração de novos sentidos e a necessidade de uma educação sexual libertadora saltou-nos aos olhos, fazendo-nos atentar para a complexidade da relação entre subjetividade e cultura.


Texto Completo: PDF