Revista Educação e Linguagens, Vol. 7, No 12 (2018)

Tamanho da fonte:  Menor  Médio  Maior

UMA VISÃO DIALÓGICA PARA A COMPREENSÃO DOS ENUNCIADOS ESPONTÂNEOS PRODUZIDOS POR UM SUJEITO COM SÍNDROME DE ASPERGER

Aline Maria Pacífico Manfrim

Resumo


Este artigo toma como material de análise os discursos espontâneos produzidos por um aluno diagnosticado com Síndrome de Asperger (SA) e tem como objetivo identificar a que estes discursos respondem e como se delineia o processo interativo entre este sujeito e os interlocutores com os quais ele interage no contexto acadêmico que vivencia. Por meio de um percurso metodológico ancorado nos estudos bakhtinianos, os resultados sinalizaram que a dificuldade da aceitação dos mesmos como autores e o truncamento das relações interpessoais, os discursos produzidos pelo aluno evidenciaram uma abertura ao diálogo interessado e aos outros, percorrendo uma trajetória discursiva em busca de uma autoria.


Texto Completo: PDF