Revista Educação e Linguagens, Vol. 8, No. 14 (2019)

Tamanho da fonte:  Menor  Médio  Maior

DESAFIOS DA DOCÊNCIA A PARTIR DA ANÁLISE DO FILME “A CAÇA”

Verônica Pacheco de Oliveira Azeredo, Maria Luciana Brandão Silva

Resumo


O presente artigo tem como objetivo avaliar os desafios da docência, a violência oculta e desvelada no contexto escolar e seu reflexo na coletividade por meio da análise do filme “A caça” (2012) do cineasta Vinterberg, e do viés teórico das obras dos autores Francois Dubet, “Sociologia da Experiência” e Danilo Martuccelli, “Gramáticas do Indivíduo”. Observou-se que, no âmbito das relações sociais, a violência física ou psíquica nem sempre é reconhecida pelo agressor como um ato injusto e de selvageria. Entretanto, é identificada pelo agredido como brutalidade irracional e fora da norma social. Além disso, a violência pode excluir o indivíduo da convivência social e levá-lo à estranheza da referência de seu papel social. Consequentemente passa a necessitar da compreensão de sua experiência social, dos vários suportes sociais e estratégias para romper o isolamento, recuperar os seus papeis sociais e se reintegrar socialmente.


Texto Completo: PDF