Revista Educação e Linguagens, Vol. 9, No 16 (2020)

Tamanho da fonte:  Menor  Médio  Maior

A PRODUÇÃO DE MATERIAIS DIDÁTICOS NO ENSINO DE LÍNGUA PORTUGUESA E A PERSPECTIVA DIALÓGICA DO DISCURSO: POSSÍVEIS ENTRELAÇAMENTOS PARA A FORMAÇÃO DE LEITORES CRÍTICOS

Vanessa Fonseca Barbosa, Ana Paula Charão

Resumo


A preparação de materiais didáticos para o ensino de português como língua materna, sobretudo na educação básica, costuma ser um desafio ao professor. Diante dessa problemática, a fim de auxiliar os docentes de Língua Portuguesa (LPO) no que diz respeito à elaboração de materiais didáticos, este artigo tem como objetivo principal refletir sobre o potencial da análise dialógica do discurso (ADD) como ancoragem teórico-metodológica para a elaboração materiais didáticos voltados sobretudo ao desenvolvimento de atividades capazes de estimular a formação de leitores críticos. Para tanto, neste texto, apresentaremos alguns dos princípios epistemológicos fundantes da ADD e o compartilhamento de uma experiência de trabalho realizada com alunos do oitavo ano do ensino fundamental, a partir da leitura feita pelos estudantes da obra O médico e o monstro, de Robert Louis Stevenson. As atividades apresentadas foram desenvolvidas e trabalhadas com base no conhecimento que temos da ADD e proporcionaram aos alunos o estabelecimento de relações e leituras críticas da narrativa lida, o que confirma a importância dos trabalhos do Círculo como subsídio na elaboração de materiais didáticos que auxiliem os docentes de LPO, tal como buscam demonstrar os materiais que estão apresentados nesta escrita.

Texto Completo: PDF