Revista Educação e Linguagens, Vol. 8, No. 14 (2019)

Tamanho da fonte:  Menor  Médio  Maior

SEJAMOS TODOS FEMINISTAS: HOMENS CONVERSANDO COM ESTUDANTES SOBRE POSTURAS FEMINISTAS NA FORMAÇÃO DOCENTE

André Sena Mariano, Diego Duarte Ribeiro

Resumo


Neste texto, procura-se, a partir de alguns dos conselhos presentes na obra da escritora nigeriana Chimamanda Adicihie Para Educar Crianças Feministas, problematizar o que pensam alunos/as de um curso de Pedagogia de uma universidade pública localizada no interior do estado de Minas Gerais. A partir dos dados coletados por meio de entrevistas, foi possível constatar que a área de educação precisa imbuir-se de uma epistemologia feminina, que também considere a produção de conhecimento a partir daquilo que elas afirmaram; que não há espaços especificamente generificados, pois as relações de gênero são atributos inerentes à convivência humana, às relações sociais; e que, por fim, o silenciamento sobre o tema colabora, ainda que não de forma linear e unidirecional, para a produção e reprodução dos pressupostos de uma masculinidade hegemônica.


Texto Completo: PDF