Revista Educação e Linguagens, Vol. 2, No 3 (2013)

Tamanho da fonte:  Menor  Médio  Maior

A DIDATIZAÇÃO DO GÊNERO TEXTUAL “COLUNA DE DÚVIDAS DE PORTUGUÊS”

Eliana Merlin Deganutti Barros, Lidiane Escaravaco Borges Rosa

Resumo


Este artigo faz parte de uma pesquisa de iniciação científica (IC) inserida no projeto “Gêneros textuais e mediações formativas: por uma didática do processo de construção da escrita” (UENP), coordenado pela Profa. Eliana Merlin D. de Barros. O projeto de IC tem por finalidade realizar a todas as etapas da transposição didática do gênero “coluna de dúvidas de português”. Para chegarmos ao nosso objetivo utilizamos as contribuições do Interacionismo-Sociodiscursivo para o ensino de língua, com base nas leituras dos pesquisadores do Grupo de Genebra (Bronckart, Schneuwly, Dolz e outros) e de estudiosos brasileiros que adotaram essa concepção teórica de investigação. No primeiro ano construímos o modelo teórico do gênero com base no corpus formado por sete colunas “Não tropece na língua”, escritas pela professora Maria Tereza Queiroz e publicadas pela Folha de Londrina. Neste artigo, apresentamos a sinopse de uma sequência didática que tem esse gênero, não como objeto, mas como instrumento mediador do processo de ensinoaprendizagem da Língua Portuguesa, assim como uma análise do seu processo de construção. Na nossa proposta os alunos formularão as questões, fazendo as vezes do internauta/leitor, e a professora de sala de aula as responderá oralmente e por escrito. O trabalho proposto além de desenvolver capacidades de linguagem em relação ao gênero em foco, possibilita a articulação com conteúdos relativos à normatização da língua.


Texto Completo: PDF