Revista Educação e Linguagens, Vol. 2, No 3 (2013)

Tamanho da fonte:  Menor  Médio  Maior

CONSCIÊNCIA FONOLÓGICA E DEFICIÊNCIA INTELECTUAL: EFICÁCIA DO SOFTWARE “PEDRO NO PARQUE DE DIVERSÕES”

Michele Brugnera Cruz Cechin, Thaise Silva

Resumo


Este artigo tem como objetivo verificar a eficácia do software Pedro no Parque de Diversões no desenvolvimento da consciência fonológica (CF) e da construção da escrita alfabética por uma estudante com Deficiência Intelectual (DI). Trata-se de um estudo de caso, no qual participou uma aluna com nove anos de idade, diagnosticada com Deficiência Intelectual de uma escola da rede pública de ensino de Porto Alegre, Rio Grande do Sul. Foi avaliada a consciência fonológica da estudante e analisada sua hipótese de escrita. Além disso, foi realizada uma intervenção pedagógica de seis encontros com o uso do software. Ao término da intervenção, a aluna foi reavaliada. Os resultados evidenciaram diferença significativa em relação à consciência fonológica no nível da sílaba e do fonema e à mudança da hipótese de escrita. O software auxiliou na reflexão oral da unidade silábica e facilitou o processo de aquisição da escrita alfabética.


Texto Completo: PDF