Revista de Geografia, Meio Ambiente e Ensino, Vol. 2, No 1 (2011)

Tamanho da fonte:  Menor  Médio  Maior

NOVA TEBAS: TERRITÓRIOS E TERRITORIALIDADES

Leandro Domingos LUZ, Fábio André HAHN

Resumo


Esta pesquisa destaca o processo de formação territorial na ocupação do município de Nova Tebas a partir da década de 1930 até 1960. Para apreensão das diversas tramas territoriais, simbólicas e identitárias, formadas no decorrer do processo (i)migratório utilizou-se como metodologia a realização de entrevistas. Evidenciamos que os (i)migrantes (re)produziram territórios e territorialidades em rede de forma simbólica e identitária, pelo caráter de pertencimento à comunidade e a manutenção dos costumes e das tradições, assim, os tempos e os territórios assumem um caráter de continuidade e descontinuidade concomitantes, ou seja, o novo e o velho em interação constante, formando as redes que se objetivam nas relações sociais com o território de origem entre os migrantes e os não-migrantes.

Texto Completo: PDF