Revista de Geografia, Meio Ambiente e Ensino, Vol. 8, No 3 (2017)

Tamanho da fonte:  Menor  Médio  Maior

INFLUÊNCIA DA VEGETAÇÃO NO CONFORTO TÉRMICO DA UTFPR CAMPUS - CAMPO MOURÃO – PR

Lucas Ribeiro Barbieri, Leonardo Riboldi, Elizabete Satsuki Sekine, Paulo Bueno

Resumo


O presente trabalho correlaciona a quantidade de vegetação com o conforto térmico do ambiente de estudo, a Universidade Tecnológica Federal do Paraná – Campo Mourão. Para a realização do estudo foi feita uma revisão bibliográfica sobre o assunto, um reconhecimento da área, amostragem de dados de temperatura e umidade e a obtenção de imagem via satélite. Para o experimento utilizamos três áreas distintas e coletamos dados em dois períodos de cada dia coletado. Para o cálculo do conforto térmico utilizamos o índice de Thom (1959). Os resultados não demonstraram diferença estatística, porém a observação e análise dos dados brutos demonstraram diferenças entre as áreas, devido sua ocupação. O campus estudado carece de estudos e planejamento das áreas verdes, que têm papel importante na diminuição do desconforto térmico.

Texto Completo: PDF