Revista de Geografia, Meio Ambiente e Ensino, Vol. 8, No 3 (2017)

Tamanho da fonte:  Menor  Médio  Maior

O USO DA CARTOGRAFIA E MAPEAMENTO COLABORATIVO NA ANÁLISE DE PROBLEMAS URBANOS

Tiago Vinicius Silva Athaydes, Mayra Stevanato Stevanato, Larissa Donato Donato, Mauro Parolin Parolin

Resumo


Aprender cartografia não se limita a aprender regras de construção, tipologias e elementos. A questão vai além das técnicas, uma vez que a cartografia funciona como ferramenta de construção social. Tecnologia em desenvolvimento, como os Sistemas de Informação Geográfica (SIG) e a maior acessibilidade aos conjuntos de dados digitais, transformaram as técnicas de mapeamento mais viáveis. Desta forma o presente trabalho foi realizado com alunos do terceiro ano do ensino médio de uma escola pública de Campo Mourão, utilizando técnicas de mapeamento colaborativo, apontou-se os problemas urbanos do entorno da mesma. Para tal, empregamos trabalho de campo para o apontamento de problemas urbanos como: buracos nas ruas, entulho e falta de iluminação. Através da análise dos dados coletados pelos alunos, foi possível quantificar e qualificar a ocorrência de diversas irregularidades, além de perceber o novo olhar do estudante sobre o bairro de sua convivência – o olhar geográfico de percepções cartográficas.

Texto Completo: PDF