Revista de Geografia, Meio Ambiente e Ensino, Vol. 11, No 1 (2020)

Tamanho da fonte:  Menor  Médio  Maior

ESTUDOS PALEOAMBIENTAIS EM ÁREAS DE TURFA NO BRASIL

Katiúscia Naiara Ariozi Lima, Fernando Henrique Villwock, Mauro Parolin

Resumo


As turfeiras preservam grande quantidade de registros “proxy” os quais fundamentam estudos paleoambientais. A identificação e quantificação de tais dados permitem entre outras coisas o entendimento de climas pretéritos. A formação de turfeiras ocorre com a deposição sucessiva de material orgânico normalmente em fundo de vales ou em locais onde a drenagem é incipiente. O trabalho objetivou quantificar e mapear as pesquisas paleoambientais com dados proxies recuperados em sedimentos turfosos no Brasil. Para o levantamento dos artigos científicos que tratam do assunto foram realizadas buscas em periódicos científicos disponibilizados na internet (base de dados da CAPES, Google Acadêmico e SciELO). As palavras-chave utilizadas nas buscas foram (turfa; peat; palinologia; palynology; fitólitos; phytoliths; turfa sedimento; peat sediment; turfa paleoambientes; peat paleoenvironments). Foram registrados 24 trabalhos (15 com palinomorfos, 5 com fitólitos, 3 com multi-proxies e 1 com espículas de esponja). A partir da pesquisa, se observa que as turfas possuem formação ocorridas durante o Pleistoceno e Holoceno. Ainda é possível inferir a concentração de pesquisas na região Sul, Sudeste e Centro-Oeste, bem como 85% das pesquisas foram realizadas por instituições públicas.

Texto Completo: PDF