Revista de Geografia, Meio Ambiente e Ensino, Vol. 2, No 1 (2011)

Tamanho da fonte:  Menor  Médio  Maior

O ÍNDICE DE CONFORTO AMBIENTAL EM CAMPO MOURÃO, MARINGÁ E EM APUCARANA EM 2008 E OS SISTEMAS ATMOSFÉRICOS.

Victor da Assunção Borsato

Resumo


As três cidades estudadas se localizam na zona de transição climática, entre o clima tropical e o subtropical. Maringá é atravessada pelo trópico de Capricórnio, Campo Mourão e Apucarana estão a menos 0,5º ao sul de Maringá. Na dinâmica climática, nos meses de inverno predominam a atuação dos sistemas polares com temperatura amenas, nos meses mais quentes, os sistemas de baixa pressão prevalecem e impões suas características com altas temperaturas e Índice do Conforto Ambiental (ICA) na faixa do “máximo desconforto”. O ICA considera-se mais três faixas: grande desconforto, nenhum desconforto e sensação de frio. Estudou-se o ano de 2008 e os resultados mostraram que na estação quente o índice “grande desconforto” se amplia e o “nenhum desconforto” que é o ideal se reduz. O objetivo principal da pesquisa foi estudar a ICA e os sistemas atmosféricos no ano de 2008 e a elaboração de histogramas mensais para comparar o ICA nas três cidades, os índices evidenciaram que Campo Mourão apresenta maior porcentagem do ICA nas faixas “sensação de frio” e “nenhum desconforto”, Apucarana ocupa uma posição intermediária e Maringá foi mais quente. O estudo mostra que a variação diária e periódica da ICA é conseqüência da circulação regional e do domínio dos sistemas atmosféricos, eles variam de acordo com o sistema atmosférico atuante na região.
Palavras-chave: climatologia, sistema atmosférico, histograma.

Texto Completo: PDF