Revista de Geografia, Meio Ambiente e Ensino, Vol. 8, No 1-2 (2017)

Tamanho da fonte:  Menor  Médio  Maior

DIAGNÓSTICO AMBIENTAL DAS CAVAS DO PARQUE DAS ÁGUAS – PLANÍCIE ALUVIAL - EM PINHAI-PR.

Sheila Cristhina da Rocha Ferreira, Tamara Simone Van KAICK, Jefferson de Queiroz CRISPIM

Resumo


Os corpos hídricos têm suas características afetadas pela poluição difusa. Esta pesquisa realizou-se nas cavas do Parque das Águas em Pinhais/PR e teve por objetivo avaliar a qualidade das águas destes corpos hídricos após uma década do termino de extração de areia. Foram analisadas algumas variáveis físico-químicas e bacteriológicas em 6 pontos. Pode ser constatado que a variável salinidade, OD, turbidez, amônia, nitrito, nitrato estão de acordo com os limites impostos pela resolução CONAMA 357/05, a DBO para maioria dos pontos apresentou-se dentro dos limites. Para Coliformes termotolerantes, a maior parte dos pontos ficou dentro dos limites estabelecidos pela resolução, sulfeto não atende a mesma. Identificou-se o incremento da carga poluente potencializada pelo escoamento superficial das chuvas, apresentando alguns pontos próximos ao limite indicado na resolução, onde é necessário o controle da poluição difusa. Uma possível solução seria a implantação de sistemas de wetlands construídos, que funcionariam como barreiras de poluentes.

Texto Completo: PDF