Revista de Geografia, Meio Ambiente e Ensino, Vol. 1, No 1 (2010)

Tamanho da fonte:  Menor  Médio  Maior

AVALIAÇÃO DA EFICIÊNCIA DA UTILIZAÇÃO DO OXIGÊNIO DISSOLVIDO COMO PRINCIPAL INDICADOR DA QUALIDADE DAS ÁGUAS SUPERFICIAIS DA BACIA DO CÓRREGO BOM JARDIM, BRASILÂNDIA/MS

André Luiz Pinto, Gustavo Henrique de Oliveira, Gabrielle Alberta Pereira

Resumo


O presente trabalho visa à avaliação da qualidade das águas superficiais da bacia do córrego Bom Jardim, no município de Brasilândia/MS, utilizou-se do oxigênio dissolvido como principal indicador de qualidade e de parâmetros coadjuvantes de pH, turbidez e condutividade elétrica. Para as análises foram escolhidos oito estações ao longo do canal principal e da foz de seus afluentes, monitorados nos verões de 2008 e 2009 e avaliada a qualidade perante as classes de enquadramento doCONAMA,Resolução 357/2005.Afacilidade de obtenção das mensurações das concentrações de oxigênio dissolvido no campo, seu baixo custo e eficiência demonstram sua viabilidade para enquadramento nas classes do CONAMA. Haja vista que, as campanhas efetuadas pelas secretarias municipais e estaduais, para avaliarem as condições dos cursos fluviais que cortam seus territórios são onerosos e por essa razão, não são realizados freqüentemente, com a utilização do O.D. estes poderão ser efetuados com maior constância.

Texto Completo: PDF