Revista de Geografia, Meio Ambiente e Ensino, Vol. 9, No 2 (2018)

Tamanho da fonte:  Menor  Médio  Maior

DO LIXO AO LUXO: UMA REFLEXÃO SOBRE LUGARES SOCIAIS

Rosângela Veiga Júlio Ferreira, Andreia Cristina Teixeira Tocantins, Bryan Cristian de Oliveira, Gustavo da Silva Monteiro, Mariane Ambrósio Costa, Ricardo Vicente da Cunha Júnior

Resumo


Como a imagem do catador de lixo vem sendo reproduzida na sociedade? Pensar sobre sentidos que crianças atribuem a essa questão a partir de um documentário produzido por um artista plástico é o elemento principal deste texto. A pesquisa buscou oportunizar a produção de narrativas de crianças a partir de diferentes pontos de vista sobre o lixo, sendo o catador de lixo o ator social considerado. Pensar esses lugares sociais na escola a partir de múltiplas linguagens oriundas do contato com fontes variadas nos permite afirmar que essa perspectiva metodológica pode contribuir com a formação de pensamentos e/ou desconstruções de visões canônicas sobre o homem no mundo. A ideia que se defende é a de que é possível oportunizar acesso a conhecimentos poderosos, no caso em tela, para a dimensão política – lugares sociais – presente em uma discussão de cunho geográfico – onde está o lixo? – e histórico – onde está o luxo?

Texto Completo: PDF