Revista Paranaense de Educação Matemática, Vol.6, No 11 (2017)

Tamanho da fonte:  Menor  Médio  Maior

SABERES EXPERIENCIAIS X SABERES ESCOLARES: O QUE NOS ENSINAM OS ALUNOS DO ENSINO MÉDIO PROGRAMA NOVA EJA

Eliane Lopes Werneck de Andrade

Resumo


Este texto aborda parte dos resultados de uma dissertação de mestrado, aprovada em 2016, em que, procurou-se discutir como são vivenciados os processos de aprendizagem em matemática no Programa Nova EJA, que foi implantado na rede estadual do Rio de Janeiro em 2013. Para tanto, foi pesquisado se e como a metodologia do programa promove a valorização de saberes matemáticos experienciais, advindos das práticas sociais dos alunos. O objetivo deste artigo é compartilhar a percepção da autora sobre tensões relacionadas à aprendizagem em matemática apresentadas por alunos concluintes do Ensino Médio acelerado, entrevistados em 2015. Referenciais teóricos da Educação e da Educação Matemática embasaram a pesquisa qualitativa, propiciando, uma compreensão mais complexa dos discursos implícitos nos documentos oficiais e nas políticas educacionais, endereçadas aos alunos jovens e adultos. Foi realizado um estudo documental e análise de conteúdo. Aulas de matemática foram acompanhadas com o intuito de obterem-se indicativos de estratégias formais / informais de aprendizagem dos alunos. Por meio da análise dos dados, observou-se que os saberes experienciais dos sujeitos da EJA não são privilegiados nem pelo programa e nem pela escola, que geralmente, se ocupa de práticas bancárias simplórias e infantilizadoras. 

Texto Completo: PDF

A Revista Paranaense de Educação Matemática, periódico semestral da Universidade Estadual do Paraná - Campus de Campo Mourão, está indexada nas seguintes bases de dados: