Revista Paranaense de Educação Matemática, Vol. 7, No 14 (2018)

Tamanho da fonte:  Menor  Médio  Maior

HISTÓRIA DA MATEMÁTICA NA CONSTRUÇÃO DE CONCEPÇÕES EQUIVOCADAS EM SALA DE AULA: REFLEXÕES ACERCA DAS PSEUDO-HISTÓRIAS

Jaqueline Zdebski da Silva Cruz, Dulcyene Maria Ribeiro

Resumo


O uso da História da matemática como metodologia tem sido referido nos documentos oficiais e trabalhos científicos como fundamental no processo de ensino e aprendizagem e imprescindível para que os estudantes compreendam a natureza da Matemática e sua relevância no desenvolvimento da sociedade. No entanto, o seu uso de modo inadequado pode levar por um caminho contrário ao esperado. Com o objetivo de contribuir com as reflexões sobre o uso acrítico da História na Matemática, apresenta-se e discute-se como algumas anedotas e mitos, as pseudo-histórias, que estão enraizadas na História da Matemática, podem contribuir para causar deformações - concepções errôneas – acerca da natureza desta ciência. Esses aspectos são interpretados considerando as concepções de Gil-Pérez et al (2001). Evidencia-se a importância de que o professor reconheça suas visões sobre o trabalho científico e o conhecimento matemático, para que tenha uma postura mais crítica sobre os conhecimentos a serem ensinados.

Texto Completo: PDF

A Revista Paranaense de Educação Matemática, periódico semestral da Universidade Estadual do Paraná - Campus de Campo Mourão, está indexada nas seguintes bases de dados: