Revista Paranaense de Educação Matemática, Vol.4, No.6 (2015)

Tamanho da fonte:  Menor  Médio  Maior

QUANDO A AVALIAÇÃO TORNA-SE UMA AÇÃO DE INVESTIGAÇÃO E INTERVENÇÃO: PRODUÇÕES MATEMÁTICAS DE ESTUDANTES DO 7º ANO EM UMA PROVA EM FASES

André Luis Trevisan, Marcele Tavares Mendes, Thamires da Silva Souza

Resumo


Neste artigo, relatamos um estudo envolvendo uma prova em fases em aulas de Matemática deuma turma de 7º ano. Propomos investigar a produção escrita em uma das questões da prova, motivadospor questionamentos escritos elaborados a partir da resolução de três estudantes e apresentados em cadauma das fases. Trata-se de uma pesquisa qualitativa, na qual almejamos compreender os encaminhamentosde resolução desses estudantes, bem como potencialidades desse instrumento frente a uma perspectiva deavaliação enquanto ação de investigação e de intervenção. Nesse contexto, os “erros” passam a ser vistosnão como algo que o estudante ainda não sabe, mas como indícios de um conhecimento parcial, como umelemento inerente ao processo de construção do conhecimento, como um caminho na busca do acerto parareconstruir o que não foi aprendido. A análise da produção escrita aponta que, por meio da prova em fases,o professor tem a oportunidade de guiar os estudantes em seus processos de aprendizagem, favorecendo,para cada um, o desenvolvimento de diferentes níveis de competência.

Texto Completo: PDF

A Revista Paranaense de Educação Matemática, periódico semestral da Universidade Estadual do Paraná - Campus de Campo Mourão, está indexada nas seguintes bases de dados: