Revista Paranaense de Educação Matemática, Vol. 9, No 20 (2020)

Tamanho da fonte:  Menor  Médio  Maior

SALA DE AULA INVERTIDA: CARACTERIZAÇÃO E REFLEXÕES DAS TRÊS ETAPAS DO MÉTODO NO ENSINO DE MATEMÁTICA

Silton José Dziadzio, Carlos Roberto Ferreira

Resumo


A Sala de Aula Invertida é um método de ensino que visa à inversão clássica da sala de aula. Os alunos acessam e estudam, previamente, os conteúdos por meio de recursos digitais, e em sala de aula desenvolvem atividades com aplicação de conceitos abordados no material virtual. Assim, é possível dividir o método em três momentos de execução, sendo: antes, durante e após a aula, e este artigo busca caracterizar e tecer reflexões sobre as três etapas, com conteúdos de Matemática, em uma turma de 3a série do Ensino Médio. A abordagem inicial dos conteúdos ocorreu por meio de videoaula, e o trabalho em sala de aula foi marcado pela exploração do material virtual em resolução de problemas. Os resultados evidenciam potencialidades no que se refere ao papel ativo dos alunos, ao caráter colaborativo e dinâmico proporcionado durante a aula, e ao fato do professor ser apontado como um mediador do processo de ensino e aprendizagem.


Texto Completo: PDF

A Revista Paranaense de Educação Matemática, periódico quadrimestral da Universidade Estadual do Paraná - Campus de Campo Mourão, está indexada nas seguintes bases de dados:

                                 

 

 

Licença Creative Commons

Os artigos da Revista Paranaense de Educação Matemática estão licenciados com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.